Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 390
Sequência: A Coroa
Onde Comprar: Submarino | Saraiva | Amazon
Classificação: 



     Neste livro, temos uma continuação da trilogia "A Seleção". Então caso você ainda não tenha lido a trilogia anterior, haverá spoiler dos livros anteriores nesta resenha.

      Neste livro, Eadlyn (filha de Maxon e America) precisará passar pela seleção para acalmar o povo que está bastante revoltado, pois acabaram de passar do processo de desconstrução das castas e ainda tem muito o que ser melhorado. Então, Eadlyn precisará escolher um pretendente entre 35 garotos, mas ela não está nem um pouco animada para isso e não acredita que encontrará o verdadeiro amor em uma seleção.

            Naty: Não fiquei muito empolgada para ler este livro, porque considerei o final de "A Escolha" perfeito para mim. Mas mesmo assim dei uma chance e li "A Herdeira", já que não se trata de uma história de America e Maxon, e sim de Eadlyn, que por sinal não gostei muito dessa personagem, porque em muitos momentos considerei as atitudes dela egoístas e em alguns momentos ela parecia se achar superior aos outros. Achei muito legal conhecer o processo da seleção do outro lado, pois na primeira trilogia vimos tudo através de uma selecionada, que é a America, neste livro, vemos tudo pelos olhos da selecionadora, Eadlyn. Mas apesar disso, achei o livro fraco em comparação com a primeira trilogia, eu já sabia que não seria tão bom quanto o outro, mas mesmo assim, esperava mais momentos de tirar o fôlego e mais surpresas no decorrer da história. 


       Quando finalizei o livro A Escolha da Kiera Cass, fiquei muito interessada em ler a sua continuação, pois a história me conquistou muito, mas quando terminei A Herdeira, senti falta de algo, não sei se foi por conta da personagem Eadlyn se sentir superior aos outros, por ser a futura herdeira da coroa mostrando firmeza e autoridade, ser  treinada e paparicada sua vida toda para isso dentro de um palácio muito confortável sem ver a realidade fora dos muros, ou se foi pelo fato de não ter acontecimentos históricos ou algo muito bombásticos.

            A verdade é que foi muito interessante ler esse livro para ter uma visão dezoito anos depois de como está a vida dos personagens que tanto gostamos, enxergando através dos olhos da Eadlyn, que a America e o Maxon ainda se amam e alimentam esse amor a cada dia, do mesmo modo descobrir como esta a vida de tantos outros personagens. O livro nos aproxima da personagem Eadlyn e nos mostra a sua evolução, descobrindo o quanto a vida pode colocar alguns obstáculos para enxergarmos que não é como esperamos e que podemos ter várias surpresas algumas boas e outras não e mudar com elas.

            Recomendo muito esse livro, para vivenciarmos através da Eadlyn os personagens que tanto gostamos e também para apreciarmos a sua jornada na história.




Deixe um comentário