Olá, pessoal! Já leram o post no Simbora Ler sobre O Rei Leão. Hoje nosso post é sobre Enrolados!



Enrolados nos conta a história de Rapunzel, mas assim como nos outros filmes da Disney, o filme se diferencia muito do conto original. Neste filme, existia um casal de reis que desejava muito ter uma filha, quando a rainha engravidou, ela ficou muito doente podendo perder o bebê. Mas perto do reino existia uma flor que curava tudo, essa flor estava sendo usada para dar juventude a uma bruxa que vivia ali, se a bruxa cantasse para a flor ela exalava um brilho e assim realizava o encantamento. Aquele dia os guardas do reino foram atrás dessa flor, para salvar a rainha e a criança, avistaram a flor, a retiraram e prepararam um chá para a rainha com essa flor. Quando a bebê nasceu, a velha bruxa cantou sua música para ela, e os cabelos da bebê começaram a brilhar como a flor brilhava. A bruxa  tentou cortar apenas uma mexa do cabelo para levar e utilizar a magia, mas quando cortado, o cabelo ficava castanho e perdia o poder, então a bruxa não viu outra escolha a não ser raptá-la.




                   Assim a bruxa levou a Rapunzel para uma torre bem alto no meio da floresta, onde ninguém conseguiria encontrá-la. Rapunzel viveu nessa torre por 18 anos sem sair dela e achando que a bruxa era sua mãe. O rei e a rainha procuraram Rapunzel por muito tempo, mas sem sucesso em encontrá-la, então todo ano, em seu aniversário, o rei, a rainha e todo o povo soltavam lanternas flutuantes para a princesa na esperança que ela retornasse para casa, pois na comemoração do seu nascimento seus pais soltaram essa lanterna, desde então virou uma tradição do reino.


Rapunzel cresceu tendo a bruxa como mãe e não conhecendo nada além de sua torre. Até que um dia o ladrão Flynn Rider acaba subindo em sua torre fugindo dos guardas após ter roubado uma coroa do castelo. Rapunzel bate nele com sua frigideira, ele desmaia e ela o tranca em seu guarda roupas. Quando sua “mãe” chega, ela insiste para que ela permita que Rapunzel vá ver as luzes flutuantes que ela sempre vê de sua janela e pensa em mostrar Flynn a ela, mas sua mãe diz que não permite que ela saia, pois ela não sabe se defender sozinha. Rapunzel fica muito chateada e resolve pedir de presente de aniversário a mãe, algo que ela sabe que a mãe demorará para conseguir, então esconde a coroa de Flynn e diz a ele que só a irá devolver quando ele levá-la para ver as luzes.



Para ter sua coroa de volta Flynn Rider aceita levá-la até as lanternas, mas eles vão viver diversas aventuras, e Rapunzel se encantará com o mundo com as coisas que nunca havia visto antes.



O conto original mais conhecido é o dos Irmãos Grimm, em que existia um casal que a mulher estava grávida, no final de sua gravidez, ela sentiu um desejo incontrolável de comer os rabanetes do jardim de sua vizinha bruxa. Então, o marido tentou suprir o desejo de sua esposa, e na terceira noite, foi pego pela bruxa que acusou-o de furto e tentou puní-lo, mas o homem implorou para que a bruxa não fizesse nada, pois sua esposa estava grávida e com desejo, então para libertá-lo pediu que em seu lugar trouxesse a filha fosse entregue a ela. Como ele estava desesperado, concordou com a bruxa. Nasceu uma menina e foi entregue a bruxa, ela nomeou-a de Rapunzel por causa dos rabanetes que foram roubados por seu pai. Quando Rapunzel fez 12 anos, a bruxa a trancou em uma torre sem portas, quando a bruxa queria subir, pedia que Rapunzel jogasse seus longos cabelos para que ela pudesse escalar por eles e subir. Quando um príncipe estava passando e ouviu a Rapunzel cantar, ficou encantado com seu canto e sempre retornava, em uma das suas visitas a torre onde Rapunzel vivia isolada de todos, viu como a bruxa subia e assim fez o mesmo. Ele se apaixonou por Rapunzel e a pediu em casamento e ela aceitou. Ele voltava todas as noites escondido da bruxa levando seda para que ela pudesse construir uma escada e assim poder descer, porém Rapunzel acabou deixando a verdade escapar a bruxa de que estava grávida do príncipe. A bruxa ficou furiosa e cortou os cabelos da Rapunzel e a enfeitiçou fazendo com que ela vivesse uma vida pobre no deserto. Em outra visita noturna que príncipe fez a Rapunzel, a bruxa jogou sua trança e quando o príncipe subiu, a bruxa disse que ele nunca mais veria Rapunzel e empurrou-o da torre, ele caiu em cima dos espinhos que o cegaram. Rapunzel deu a luz a duas crianças gêmeas, o príncipe ficou vagando por lugares, mas com a audição apurada ele ouviu o canto da Rapunzel para as crianças e foi ao seu encontro, Rapunzel chorou muito nesse reencontro e uma das suas lágrimas caiu no olho do príncipe  e assim o feitiço da bruxa foi anulado, fazendo com que ele voltasse a enxergar.

Essa duas histórias acabam tendo um final feliz, pois ambas o amor vence o mal e conseguiram viver felizes para sempre. Mas como a Disney faz coisas é feito  para entreter as  crianças e ter uma moral uma lição por trás da história, carrega toda a magia mudando assim as partes mais pesadas por enredos que carregam a esperança e o final feliz.




O que vocês acharam dessas duas versões? Qual gostaram mais? Deixem nos comentários que vamos ler e responder todos.


E agora vamos para o sorteio do próximo filme que falaremos por aqui:





1. A Bela Adormecida
2. A Espada era a Lei
3. Aladdin
4. Bambi
5. O Corcunda de Notre Dame
6. Oliver e Sua Turma

Então nosso próximo post será sobre Aladdin! Fique ligado na próxima semana para ler o post no Simbora Ler sobre Frozen







19 Comentários

  1. Hey, meninas!
    Ah Deus, como não amar essa história? Lembro que quando era bem nova, li a versão dos irmãos Grimm, obviamente remodelada para crianças, mas ainda assim um tanto pesada, e detestei o conto! haha. O final era bom, afinal, eles terminavam juntos. Mas achava a história muito trágica. o pobre do príncipe ficava cego, Rapunzel se perdia no deserto, e não havia menção de seus pais. Portanto, não me interessei pela versão da Disney. Mas em um natal, enquanto procurava algo que pudesse assistir com meus irmãozinhos, encontrei "Enrolados" passando, para que se mantivessem entretidos, assistimos. E adivinha? Quem mais se encantou fui eu... Sou uma admiradora terna das lições que o filme trás, da suavidade com o que faz, do modo como adaptou o conto, do modo como não se infantilizou demais, e como termina. Hilário, doce, divertido, romântico e cheio de uma doce esperança que faz falta hoje em dia. Adoro! É meu filme favorito da Disney. O post ficou um amor! Eu estou adorando esse projeto!
    Mil beijokas! entreumlivroe-outro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficamos muito felizes por ter gostado!
      No início eu também não tinha me interessado por Enrolados não, porque eu tinha assistido A Princesa e o Sapo e achei meio fraquinho, imaginei que aconteceria o mesmo com Enrolados, mas também se tornou um dos meus favoritos da Disney! <3

      Excluir
  2. Que lindo!!!
    Esse projeto só me dando orgulho, lembro que quando eu era mais novinha eu ganhei um kit com várias histórias de contos de fadas e que o príncipe ficava cego, era a única coisa que eu recordava. Que bom podermos reviver nossa infância <3
    Ansiosa para Aladdin, animação que eu via sempre quando era criança *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também me recordava apenas que ele ficava cego, mas não me lembrava o motivo e nem como ele voltou a enxergar! HSAHUASHUSAUHAS
      Esse projeto está sendo muito bom mesmo! <3

      Excluir
  3. Aaaaaaaai, não vi o filme ainda, mas quero muito. Adoro desenhos! Tô louca pra ler sobre o Aladdin!

    ResponderExcluir
  4. Eu já conhecia essa versão dos Irmãos Grimm e já havia assistido a mais esse conto da Disney. Inclusive essa história dos Irmãos Grimm foi usada no musical Caminhos da Floresta.

    Até mais!
    Karolini Barbara
    womenrocker.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro enrolados, e prefiro mil vezes essa versão da história do que a original! Seilá, a história da Rapunzel nunca foi das minhas favoritas, achava trágica demais, mas Enrolados me encantou na primeira vez que assisti e ainda me encanta toda vez que assisto de novo.
    Adorei o post! Beijooos

    ResponderExcluir
  6. A única história da Rapunzel que eu tinha na minha cabeça antes de ver essa animação (que eu amo demais, por sinal) era que ela da Barbie. Nunca tinha ouvido a verdadeira história, então obviamente eu adorei você ter colocado ela no post; é bem mais sombria do que eu pensava. Como você disse, a Disney adora deixar essas histórias mais bonitinhas hehe.

    ResponderExcluir
  7. Eu sou fascinada pelos contos, mas esses em específico não tocam meu coração mais.
    Curti demasiadamente A bela e a Fera que é um classico antigo e até Frozen por levar uma lição muito importante sobre o que realmente importa. Mas este em específico não me foi algo forte que fizesse me impressionar. =/

    E tá rolando sorteio no blog, corre lá!

    ResponderExcluir
  8. Acredita que eu NUNCA vi esse filme? Fiquei curiosa pra ver agora, mas nunca tinha ido muito atrás! Alguns filmes desses mais recentes, como Frozen, não fazem muito meu gosto. Mas quero assistir esse antes de dar minha opinião real hahah
    Beijosss

    www.madamices.com

    ResponderExcluir
  9. Rapunzel é um dos meus contos de fadas favoritos, porém a versão dos Irmãos Grimm é de fato muito melhor haha
    amei o post!
    Beijinhoss,
    www.desarmonias.wordpress.com

    ResponderExcluir
  10. Eu super amo a história da Rapunzel! De fato, a versão Grimm é muito melhor, mas animação de Enrolados é tão fofinha, que é impossível não ficar falando "ouns" pra ela! Beijo :)

    ResponderExcluir
  11. lembro quando li a historia da Rapunzel, criança ainda, e quando assisti a primeira versão desse filme! e essa releitura ficou boa demais, a animação super bem feita, e a trilha sonora daquelas matadoras que só a Disney sabe fazer <3

    ResponderExcluir
  12. Enrolados é uma das minhas histórias preferidas da Disney. Na época eu não dei muita importância para ela, mas depois parei para prestar atenção e me encantei fortemente rs ♥ Eu já tinha ouvido falar sobre a versão dos irmãos Grimm, mas nunca tinha visto nada mais do que isso. É muito bacana entender essa ligação e conseguir separar as duas versões. Acho que nunca vi a versão dos irmãos, vou tratar de colocar isso em dia.

    ResponderExcluir
  13. Adorei o filme da Disney, não conhecia a história original mas é mais interessante. Beijo bom.

    ResponderExcluir
  14. Eu amo a história da Rapunzel ♥ Prefiro muuuito a versão de enrolados, que ela no final encontra-se com os seus pais ♥
    Amei o post, beijos!

    ResponderExcluir
  15. Ain, eu amo esse filme, haha! Já perdi a conta de quantas vezes já assisti com a minha priminha (ela é viciada nisso, meu Deus)! Amei o seu post e o projeto! Bjos, Blog Marinspira <3

    ResponderExcluir
  16. Ahh esse filme é tão fofo! Realmente muito lindo. Amém que a Disney deixa tudo mais fofinho, porque socorro se fosse bizarro como na versão original.
    Amei seu post!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  17. Ahh esse filme é tão fofo!² Foi um dos primeiros filmes que vi no cinema em 3D facinada com as lampadas iluminadas...

    ResponderExcluir