Editora: Astral Cultural
Edição: 2016
Autora: Thati Machado
Classificação: 

Sinopse
Empoderamento define. É por isso e a partir daí que a história de Nina — e de Nico, de Marcela e de Noah — existe. Nina não é uma mulher de tipos. E não apenas por causa dos seus noventa e dois quilos. Nina tem atitude e amor-próprio. Talvez não nessa ordem, mas quem se importa? Ao namorar Marco, ela achava que estava subindo mais um degrau rumo ao topo de sua autoestima. É claro que alguns sinais lhe alertavam do contrário, só que o ego pode ser bastante ensurdecedor quando nos convém. Depois de se dar conta da farsa que era o seu relacionamento, Nina deixa sua vida em São Paulo e parte rumo a Buenos Aires, para um mês regado a argentinos sedutores e muito doce de leite. Ela só não esperava que o país dos hermanos pudesse lhe trazer muito mais do que uns quilinhos extras.

                                   "Ela não é o tipo perfeito para estampar capas de revistas masculinas. A sua beleza não segue um padrão e eu acho que é isso que torna especial. Enquanto noventa por cento da população feminina está insatisfeita e se queixando de algo, Nina está ali, satisfeita com seu corpo imperfeto, rindo de forma verdadeira e espontânea, trazendo uma confiança tão rara no caminhar" (Noah, pág. 67)



               Poder Extra G, de Thati Machado, é um romance com muito doce de leite, generosas doses de autoestima e uma escrita impecável.image

                Os primeiros capítulos da narrativa já prendem o leitor, por si só, pela forma como a autora conduz as ações e os fluxos de consciência da personagem principal, sempre como muito bom humor e, até mesmo, certa dose de ironia.



               O enredo vem apresentar ao leitor, através da jovem Nina, toda a quebra de padrões de beleza impostos pela sociedade atual. A protagonista, desta forma, aparece como a voz que denuncia todo o preconceito que gira em torno de pessoas obesas e que expressa toda a sua satisfação em quebrar esses estereótipos, mostrando o quão feliz e realizado alguém com os quilos “a mais” pode ser. E é o amor e respeito de Nico, um argentino gato e fofo, a mola propulsora para isso. Cenas de amor e de sexo são tratadas com palavras que permeiam a sutileza e a delicadeza, dando um ar poético e encantador à história.

            O grito de Nina pela liberdade de suas escolhas e de respeito pelas escolhas do próximo ecoa a cada página. Respeito às diferenças e ao direito de ser feliz! É esse o ponto de partida para essa história muito bem contada e, mais do que isso, confortadora para quem vivencia os mesmos percalços que a personagem.

                O livro, no entanto, vai além de refletir e denunciar a carga preconceituosa que existe nas peças de roupa com etiqueta XG. Ele avança pelo universo das pessoas que são diagnosticadas com transtorno de identidade de gênero, desmistificando “transtorno” como um problema e “diagnóstico” como doença. O personagem Noah prova a cada capítulo que “ser” não é um estado, é uma condição que não precisa de aprovação, mas de respeito.

                  Thati é uma autora como poucas. Daquelas que tem preocupação com as palavras, com a Língua Portuguesa em si. Daquelas que tecem os fios que decodificam o sentido para os conflitos da vida, da existência de cada um. Daquelas que misturam a arte de escrever romances cheios de sensibilidade e amor em gritos de liberdade de uma sociedade que tem muito que aprender sobre igualdade e respeito. A cada início de capítulo, um rabisco preto com algumas curvas simboliza a reafirmação da beleza do ser humano em ser heterogêneo e perfeito em suas imperfeições.


            Thati Machado é daquelas autoras que denunciam os males do mundo com o humor e a graça de quem deseja libertar quem é prisioneiro de si mesmo.


Digam nos comentários se já leram e o que acharam desse livro. Vamos adorar saber.





Gif






Autora de "Doce Inocência, outro olhar sobre o seu"; entre outros.
Adquira clicando aqui:


18 Comentários

  1. Uma belíssima e impecável resenha!! Um livro para ser guardar para todo o sempre.... Pois quem lê uma primeira vez, sentirá necessidade de ler uma segunda, ter....♥

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Martha! ❤
    Sou suspeita porque sou super fã da Thati! O livro é realmente muito bom!

    ResponderExcluir
  3. Resenha poderoooosa, Lu <3
    Obrigada pelo carinho e apoio constantes. Suas palavras aqueceram meu coração *---------*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thati, linda! Vc é maravilhosa. Não canso de dizer isso! Parabéns pelo talento incrível que vc tem! Bj grande!

      Excluir
  4. Oi Lu
    Eu amei a sua resenha.
    O livro parece ser incrível, adoro histórias com personagens femininas fortes e com atitude. E combinar isso com o bom humor e toques de ironia é fechar o pacote completo para perfeição.
    Gostei muito da proposta do livro e já estou morrendo de vontade de ler.

    Beijos!!
    Abobrinha com Chocolate

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nahh, que bom que gostou! Fico muito feliz! Corre para ler porque é realmente mt bom! Super recomendo. Bj!

      Excluir
  5. Tem livros que alimentam nossa alma não é mesmo? Só de ler a descrição do livro a gente percebe que a escrita é forte, é poderosa! Sua resenha ficou muito boa, me senti envolvida pela sua escrita!!! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, obrigada, Angela! Super recomendo o livro! E se quiser acompanhar o meu trabalho como autora tb, é só me add no face. Super beijo!

      Excluir
  6. Lu, eu já estava louca por esse livro, agora estou ainda mais louca hahahah Adorei, e adorei te ver por aqui tbm, beijinhos.
    Carpe Diem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jheinis! Corre lá pq é incrível! Thati arrasa! Beijinhos!

      Excluir
  7. Preciso ler esse livro pra dar aquele "UP" na auto estima. Estamos em 2017 mas infelizmente sentimos na pela o preconceito quando não estamos dentro dos padrões. É uma pena isso! Fico feliz que este livro traga a ideia de ser feliz com a beleza imprefeita!

    ResponderExcluir
  8. É difícil achar um livro que abordam tantos temas diferentes, fiquei intrigada e já vou colocar esse livro na minha lista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim que tiver oportunidade, leia, Larissa! É muito bom! Beijoca!

      Excluir
  9. Ainda não li, mas parecer ser aqueles livros que quebra barreiras, isso é muito bom, ver outros pontos de vistas em romances

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ótimo, May! Assim que puder, prestigie! A escrita da Thati é maravilhosa. Bj!

      Excluir
  10. Não conhecia o livro mas já me interessei pela quebra dos padrões impostos! Se tem uma coisa que eu amo é ler livros que desconstroem paradigmas e preconceitos da sociedade. Ótima resenha!

    Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Gislaine! 😍 Vc vai encontrar tudo isso no livro. Gostei mt! Recomendo! Bj!

      Excluir